(M)BAKE
THE WORLD A BETTER PLACE
Notificação Legal
{DATA PROTECTION DECLARATION}
CONTACT

Combater o HIV/SIDA, a Malária e outras doenças

 

Meta 6.A: Parar e reverter, até 2015, a propagação do VIH/SIDA

 

Meta 6.B: Alcançar, até 2020, o acesso universal ao tratamento do VIH/SIDA para todos aqueles que dele necessitam

 

Meta 6.C: Parar e inverter, até 2015, a tendência atual da incidência da malária e de outras doenças graves.

 

O ingrediente principal 

Bye-Bye VIH/SIDA e Malária: misture o conhecimento sobre VIH/SIDA com o uso de preservativos e programas de contraceção e obterá a receita de sucesso na luta contra o VIH/SIDA. Para reverter a atual incidência de Malária e outras doenças graves, misture a prevenção da Malária com medidas de tratamento, utilizando redes pesticidas de longa duração, pulverização residual de interiores, e tratamento com medicamentos antimaláricos eficazes.

 

E como estamos?

A Malária mata mais de 1 milhão de pessoas por ano - a grande maioria crianças com menos de 5 anos em África. De facto, em média, uma criança em África morre a cada 30 segundos de uma infeção provocada pela Malária, como resultado de uma picada de mosquito. 99% das pessoas que morrem de infeções provocadas pelo VIH/SIDA, Malária, Tuberculose vivem em países em desenvolvimento. Contudo, as mais acentuadas descidas de morte por Malária tiveram lugar no Continente Africano, onde 11 países reduziram os seus casos de Malária e de morte relacionadas com esta doença em cerca de 50%. A promoção de redes inseticidas de tratamento e o acesso a medicamentos antimaláricos irá reduzir o número de mortes por Malária.

A morte é a grande preocupação, contudo as doenças também significam que as sociedades perdem parte da sua força produtiva. É igualmente devastador para as famílias. As crianças que perdem os seus pais estão mais vulneráveis à exploração.

No final de 2010, 34 milhões de pessoas viviam com VIH. Mas o número anual de novos portadores do vírus diminuiu, bem como o número de mortes relacionada com a doença. Isto deu-se sobretudo devido à terapêutica antirretroviral. Em 2010, 6.6 milhões de pessoas nos países menos avançados e nos países de rendimento médio obtinham terapêutica antirretroviral. Para dizer definitivamente, Bye Bye VIH/SIDA e Malária é necessário reforçar o investimento na prevenção, cuidados e sustentabilidade do tratamento.

 

Monitor ODM  6

 

O que dizer aos Jovens Urbanos Ativos sobre este ODM?

As doenças não respeitam fronteiras. Por isso existe muita coisa que, os Jovens Urbanos Ativos e todos nós, podemos fazer sobre a prevenção de doenças. Ao comunicar com os JUA sobre este ODM pretendemos apresentar opções concretas. Nas ações educativas, distribuímos, a título de exemplo, preservativos, como pode ver em detalhe na receita "Balões de S. Valentim" e na receita "Geocaching sobre Estilos de Vida ODM"